sexta-feira, 8 de abril de 2011

almost forever ?


Melhor amigo. Quando você escuta essas duas palavrinhas, quem vem a sua cabeça? Se veio alguém instantaneamente você não só tem um best como o ama muito, talvez até demais. Agora vamos brincar um pouquinho, ou nao:
Imagine você e seu best friend forever. Lembre-se de cada momento que passaram juntos. Pense em cada lágrimas que ele esteve insistindo para que não caísse, e em todas as festas que vocês foram. Para e pense em todas as broncas que ele já te deu, as mesmas que você amou receber, porque assim sabia que ele se importa mesmo com você. Relembre o que você já relembrou milhares de vezes, como aquele sorriso sincero  dele quando está com você, ou aquele parabéns simples no seu aniversário, que pra você era como se o presidente estivesse falando com você. 
Agora pense em como ele é notavelmente essencial para você. Em como você chora quando briga com ele, em como seus dias não são os mesmos nas férias, ou em qualquer outro tempo que você fique distante dele, em como um dia parecem uma semana, e uma semana para um mês quando ele não está presente. Pense em todos os assuntos infinitos sobre vocês, na intimidade e confiança que há entre ti e ele.
Agora brincaremos com algo que geralmente não se brinca, com algo que é sempre melhor não pensar, com o que todos temos medo. Imagine se você o perde. Não digo perder de brigar com ele, não digo perder dele se mudar e ir pra outro estado. Digo perder! Perder no sentido mais cruel que a palavra possa ter. Imagine ele morto. Eu sei, eu sei. É difícil, sem coração e sua mente querem não permitir que tal cena seja imaginada. Comigo também é assim. Imagina se esse fato ocorre um dia antes do seu aniversário, de 15 anos, ou no meu caso, de 18 anos. O que você faria? 

Ontem, eu escutei uma história assim, cruel. Quando cheguei em casa, resolvi lê-la. E adivinhem? Eu chorei, eu me senti mal, eu me imaginei perdendo meu melhor amigo, ou minhas melhores amigas, e foi algo cruel demais. Imagina com a pessoa que viveu isso. Aquela que prestes a completar 15 anos tenha tido talvez o seu primeiro "para sempre" desfeito. Pois é, em quantos "para sempre" você já acreditou? Porém, quando o "para sempre" é de verdade, não importa o que aconteça, nem a morte é capaz de interferir nele. 









Escrito após ler a história dessa jovem: linkparaotexto

4 comentários:

  1. oooi, gostei do seu blog, estou te seguindo. Me seeegue? http://anonimuspost.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo blog!
    Essa postagem ta incrível!
    Releembreii tdinho'
    rsrss'
    Bju!
    http://cantinhocomtudo.blogspot.com/
    Visiita se puder'

    ResponderExcluir
  3. Oi, blog legal ! Eu me incluí como seu amigo no google friend connect, depois retribui lá no meu, ok?

    http://umaverdadeconveniente.blogspot.com

    Abraços !

    ResponderExcluir
  4. Nossa que cruel a sua postagem kkk
    a minha estava mas sutil kkk
    mas amigaa lembre-se
    o para sempre sempre acaba... ee sim um momento e eterno mesmo que so enquanto dure ...
    tee amo gata
    http://umquepebranco.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...